jlp entrevistanovFernando Manuel Vieira Carvalho Brites nasceu no Soutocico, freguesia de Arrabal, em 1951.

É licenciado em Direito pela Universidade Internacional de Lisboa e Pós-Graduado em Estudos Europeus pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Aposentado, exerceu funções nos Caminhos de Ferro de Moçambique, na Ex-Caixa de Previdência de Leiria, Gabinete de Ingresso ao Ensino Superior, no Ex-Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho, Governo Civil de Leiria e, por fim, como Coordenador da Secção de Processo do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social. É sócio efectivo de várias colectividades da freguesia do Arrabal, participou na criação do Centro de Cultura e Desporto, foi membro da Assembleia de Freguesia, Presidente da Assembleia Geral da Filarmónica, sócio fundador e Presidente do Clube Recreativo e Desportivo do Soutocico. Galardoado com o 1.º Prémio no VII Encontro de Poetas de Leiria, com o soneto “Descalça-te minha cidade”. Em 1983 participou em co-autoria nos livros: “5x5 Poetas de Leiria”. 1988 “Poesia contemporânea em Leiria (Antologia dos poetas de Leiria)”. 2001 “Orvalhos da saudade (Antologia dos poetas da freguesia do Arrabal). E publicou os livros: 1970 “Mirante”, 1975 “Canção para um poema só”, 1999 “Vozes no charco (ensaio sobre a guerra colonial) , 2012 “O último patamar” e em 2016 “Recreio de memórias”. Será apresentado no Auditório da Junta de Freguesia do Arrabal dia 6 de Novembro pelas 15h, o seu último livro : "Da banda de lá do tempo", que tem capa do artista plástico Artur Franco.

 

 

João Pires - O seu penúltimo livro, “O último patamar”, é dedicado às gentes da sua terra, Soutocico. É uma maneira de preservar a sua cultura ou é também uma homenagem emotiva?
Fernando Brites - “O Último Patamar”, para lá de uma homenagem às gentes do Soutocico, sobretudo aos seus antepassados que nos legaram rico e farto património cultural popular, tem como objectivo garantir que o esforço que fizeram em prol da cultura não foi em vão e ficará registado em livro, para que os vindouros lhes tributem o seu reconhecimento.

JP - Acha que a cultura de uma maneira geral, tem sido apoiada no nosso país?
FB - Acho que ainda existe um deficit muito grande no nosso país em relação aos apoios que a cultura merece.

JP - O Fernando além da prosa, também tem poesia editada. Qual dos dois estilos prefere?
FB - Comecei por escrever poesia e publiquei, sozinho ou em co-autoria várias obras poéticas. A poesia fascina-me e nunca deixarei de escrevê-la, embora ultimamente nada tenha publicado a esse nível, pois tenho dado mais realce à prosa que iniciei em 1999, ao publicar o livro “Vozes no Charco”. Retrato fiel que atesta bem a dor da memória da guerra colonial no norte de Moçambique.

JP - O livro “Recreio de memórias” é autobiográfico?
FB -  ”Recreio de Memórias”, poderá considerar-se uma autobiografia, pois cumpre com esses princípios. Embora ao publicá-lo eu lhe chamasse um quase diário, já que o intuito não foi comercializá-lo, mas sim oferecê-lo à família e aos amigos mais chegados.

JP - Vai lançar o “Da banda de lá do tempo”. Fale-nos um pouco desse livro...
FB - “Da Banda de lá do tempo” é a minha primeira experiência em romance. Uma história de amor que une duas crianças e dois países. Mas é sobretudo uma homenagem àqueles que escolheram as ex-colónias para perspectivar um futuro, que na altura o país lhes negava (outros preferiram França, Suíça, Luxemburgo), no êxodo migratório que se seguiu ao final da 2ª guerra mundial. Essa gente, que depois teve de voltar para Portugal em condições desfavoráveis na qualidade de retornados, após as diversas independências das províncias ultramarinas. Soube ainda assim reerguer-se, reconstruir as suas vidas e ajudar a reedificar o país democrático do pós 25 de Abril.


capaJulho.jpg

A edição em linha do Jornal das Cortes é actualizada a partir do dia 15 de cada mês.

 

Assine já o Jornal das Cortes ao clicar AQUI!

NÃO FALTE!

fONTES2017.jpg

Agenda de eventos

July 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
medicortesweb.jpg