João Soares promoveu ao longo do ano de 2014, uma série de atividades e iniciativas que permitiram alcançar cerca de 7500 visitantes e leitores. As nossas atividades contaram com o apoio da Fundação EDP e da Câmara Municipal de Leiria.

 

ATIVIDADES REGULARES
Ao longo do ano, a Casa-Museu manteve as atividades regulares e os habituais programas dedicados à comunidade em geral, aos seniores e às crianças.

 

Exposições temporárias
A Viagem de Cosme III de Médicis, inaugurada a 13 de julho de 2013, manteve-se patente ainda no primeiro trimestre de 2014. Imagens desenhadas em 1669 com precisão e pitoresco que são o mais completo conjunto iconográfico sobre a paisagem rural e urbana do Portugal do século XVII.
Os originais pertencem à Biblioteca Medicea Laurenziana em Florença e são desenhados a cinza ou sépia. Para a exposição, os desenhos, acompanhados pelos textos integrais dos vários relatores, foram iluminados através de uma animação cromática digital respeitando os originais.
A iconografia é o pretexto para uma relação comparativa com o Portugal de hoje com fotografias tiradas aproximadamente do mesmo ângulo e os comentários necessários para a leitura de 342 anos de viagem através do tempo.
Rostos da Revolução foi inaugurada no passado dia 11 de abril de 2014. A partir de uma obra do cartoonista António, que caricaturou algumas das principais personalidades da Revolução de Abril num contexto próximo dos Painéis de São Vicente de Fora, a Fundação Mário Soares organiza uma exposição comemorativa do 40.º aniversário do 25 de Abril de 1974, que inclui imagens da autoria do fotojornalista Carlos Gil que retratam pessoas e momentos daquele período na nossa História.

Itinerâncias e Sonhos no Baú das Narrativas
Este é um projeto destinado às crianças da Freguesia das Cortes que frequentam as escolas de ensino Básico e os jardins-de-infância , mas também às crianças da EB1 de Andreus, na freguesia da Barreira, e que continuou a desenvolver a promoção da leitura. Ao longo do ano, cada escola recebeu a visita regular dos Serviços Educativos para atividades pedagógicas relacionadas com a leitura e os livros, envolvendo cerca de 130 alunos.

Viva a Vida
Dedicado aos seniores e aposentados, manteve-se igualmente ao longo do ano. Em colaboração com o grupo da Belidade, a Casa-Museu promoveu diversas sessões semanais que abordaram temáticas adaptadas à faixa etária, adequando sempre aos interesses do grupo.
Ao longo do ano, os presentes participaram em jogos, tiveram aulas de história com o Professor Manuel Moniz, aulas de informática. Comemorámos o Dia dos Namorados, o Dia da Família com a Assiste, o Dia do Ambiente, em conjunto com a escola EB1 de Cortes, o dia de S. Martinho e o Dia Internacional do Idoso, no Estádio de Leiria, no âmbito do primeiro encontro InSenior, durante o qual o grupo participou no programa promovido pela Câmara Municipal de Leiria, com a associação PorMaior. Celebrou-se também o 4º aniversário do grupo, cujo primeiro encontro se realizou dia 28 de outubro de 2010, na Casa-Museu.

Biblioteca de Verão
Pelo 17º ano consecutivo, a Casa-Museu João Soares realizou o projeto Biblioteca de Verão, este ano subordinado ao tema “Jardim de Sabores”. Ao longo do mês de Julho, o programa recebeu uma centena de participantes, dos 6 aos 12 anos, e cerca de 40 monitores. A temática escolhida pretendeu salientar importância de uma alimentação saudável e equilibrada para preservar a saúde e bem-estar. Pretendeu-se ainda promover a leitura, salientando a aventura e curiosidade, próprias da descoberta e criatividade.
A Festa Final do “Biblioteca de Verão” nos Jardins da Casa-Museu, contou com a presença de cerca de 320 amigos e familiares dos participantes, num serão agradável para ouvir-se o hino entoado por todos e ver o filme que ilustra as atividades realizadas ao longo do mês.

Serões Literários das Cortes
Durante o ano de 2014, realizaram-se várias sessões dos “Serões Literários das Cortes” na Biblioteca João Soares, a partir da iniciativa de um grupo de pessoas interessadas em livros e literatura. Estes encontros têm versado sobre várias temáticas, nomeadamente poesia de autores portugueses, por vezes abordada de forma musicada.

A Casa-Museu vai à pediatria
Ao longo deste ano, a equipa da Casa-Museu manteve a parceria com o Serviço de Pediatria do Hospital Santo André de Leiria, iniciada em 2012. Uma vez por mês, a Casa-Museu vai à pediatria onde promove uma atividade para as crianças hospitalizadas nesse serviço, permitindo oferecer-lhes um momento de diversão, minimizando os efeitos de um internamento nas crianças e seus familiares.

Saídos da Casca
A Casa-Museu João Soares promoveu oficinas nas férias da Páscoa, de 7 a 10 de abril. Ao longo de uma semana, 60 crianças dos 6 aos 12 anos, participaram em diversas oficinas alusivas à época.

Viver Teatro aos Domingos
Em 2014, a Casa-Museu João Soares realizou a XIIIª edição do festival de teatro infantil “Viver Teatro aos Domingos” em Outubro. Este programa permitiu às famílias partilhar momentos de fantasia e de diversão, que o mundo do teatro e das marionetas oferece.
Esta edição trouxe à Casa-Museu cerca de 780 espectadores, entre crianças e adultos de Cortes e da região de Leiria. A grande adesão do público nas quatro sessões foi reveladora da importância deste investimento cultural, que merece ter continuidade. A programação da edição de 2014 foi a seguinte: 6 de Outubro: “D. Afonso Henriques 3 em I” - a Output Teatral; 12 de Outubro: “O Trouxa” - O Nariz - Teatro de Grupo; 19 de Outubro: “A Galinha Ruiva” -Teatro Bocage; 26 de Outubro: “A Loja dos Sonhos” - Cativar.

Oficinas de Natal
Organizou-se nos dias 17, 18 e 19 de Dezembro um conjunto de oficinas sob a temática da quadra natalícia, que contaram com 96 inscrições. Esta iniciativa destinou-se a crianças dos 6 aos 12 anos que prepararam diversos enfeites de Natal.

Passaporte do Leitor
Este ano foi marcado pelo final do projeto “O Passaporte do Leitor”, organizado pela Casa-Museu em colaboração com a Escola José Saraiva, no âmbito do Programa de Apoio a Projetos de Promoção da Leitura em Bibliotecas Públicas financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian.
Ao longo de dois anos letivos (2012-2013 e 2013-2014), o projeto de promoção da leitura acompanhou os cerca de 200 alunos do 5º ano que posteriormente transitaram para o 6º ano, pretendendo desafiá-los a ler os livros indicados nos Passaportes como se fossem etapas de uma viagem e registar as escolhas e as impressões de leitura.
O Passaporte do leitor, enquanto guia para a leitura de livros aconselhados pelo Plano Nacional de Leitura, pretendeu acompanhar os alunos das escolas primárias da freguesia de Cortes que, no final do 4º ano, continuam a escolaridade na escola José Saraiva. O projeto adquiriu mais livros para a Biblioteca Escolar José Saraiva e para a Biblioteca João Soares.

 


ATIVIDADES PONTUAIS
Ao longo do ano, a Casa-Museu João Soares promoveu e participou em diversas atividades pontuais que permitiram envolver diversos públicos e contribuir para a dinamização cultural da comunidade local.

Semana da Leitura
A Rede de Biblioteca Escolares, em parceria com o Munício de Leiria, convidou a Casa-Museu a participar na 5º edição da “Semana da Leitura”. Este evento tem como objetivo lembrar a toda a comunidade a importância da leitura para o desenvolvimento intelectual e a formação do indivíduo. A Casa-Museu selecionou a história “Sapo e um Dia Muito Especial” a partir da qual elaborou um teatro de fantoches, que levou a várias escolas participantes na iniciativa.

Contos ao pôr-do-sol
A Casa-Museu João Soares recebeu “O Nariz – Teatro de Grupo”, para no final de uma tarde de Verão percorrerem os jardins da Casa-Museu com os seus “Contos ao Pôr-do-Sol”.
As histórias tradicionais e de autor começaram debaixo do pinheiro manso do jardim e, acompanhados de música e outros sons exóticos, cada contador de histórias foi percorrendo todo o jardim, seguido pelos espectadores, contando a sua história.

Tasquinhas das Cortes
A Casa-Museu João Soares associou-se às Tasquinhas das Cortes, entre os dias 12 e 14 de Setembro na antiga adega Cooperativa.

Visitas escolares e guiadas
Como já é habitual desde da abertura da Casa-Museu, recebemos estabelecimentos de ensino (do pré-escolar ao ensino secundário) para visitas escolares e guiadas às exposições patentes, com atividades adaptadas às diferentes faixas etárias.

A Casa-Museu sai das Cortes
Promoveram-se igualmente atividades no âmbito do projeto A Casa-Museu sai das Cortes para instituições e escolas que se localizam fora da freguesia e que solicitem a nossa colaboração. Assim, em 2014, os Serviços Educativos deslocaram-se a diversos Jardins-de-Infância e escolas do 1º ciclo do ensino básico de Leiria, com diversas atividades e oficinas.

“Guarda-me contigo entre as papoilas”
A 17 de Maio de 2014, decorreu no auditório da Casa-Museu João Soares, o lançamento do livro “Guarda-me contigo entre as papoilas”, de Carlos Lopes Pires, apresentado pela Professora Doutora Cristina Nobre. Esta sessão contou com a declamação de poemas, pelo autor, seguindo-se de uma sessão de autógrafos.

V Congresso Ibero-americano de Animação Sociocultural
Realizou-se nos dias 16,17,18 e 19 de Outubro o V Congresso Ibero-americano de Animação Sociocultural subordinado ao tema “Da participação na cultura à cultura da participação”. Organizado pela Rede Ibero-americana de Animação Sociocultural (RIA), ocorre bianualmente num dos países pertencentes à referida rede.
Pretendeu-se contribuir para o avanço da teoria e prática em animação e insere-se num conjunto de atividades que a RIA tem vindo a desenvolver desde 2006. Tais atividades têm o intuito de identificar e discutir desafios e soluções de envolvimento criativo das populações, para os mais diversos problemas e contextos no mundo da Animação.
O V Congresso visou abordar também a questão da animação enquanto didática da participação, apoiando o crescimento da democracia, desenvolvendo redes de trabalho e aproximação entre as comunidades, em busca de uma melhor qualidade de vida, reforçando-se o valor da metodologia ativa, participativa e criativa – caraterística desta área de intervenção.
Desta forma, é preocupação central deste congresso proporcionar um espaço de encontro entre profissionais de várias áreas, nomeadamente da educação, das artes e da cultura, afim de, em conjunto, partilharem abordagens de intervenção e de investigação que sejam mais participativas, sensíveis e criativas.

 

A Casa-Museu, inaugurada em Dezembro 
de 1996, recebeu até ao final do ano passado, 
2014, cerca de 170.000 visitantes e participantes 
nas diversas atividades promovidas.


capaJulho.jpg

A edição em linha do Jornal das Cortes é actualizada a partir do dia 15 de cada mês.

 

Assine já o Jornal das Cortes ao clicar AQUI!

NÃO FALTE!

fONTES2017.jpg

Agenda de eventos

September 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
electrocortesWEB.jpg