Inserido nas comemorações do vigésimo aniversário da Casa-Museu João Soares, realizou-se nos dias 22, 23 e 24 de abril, o Encontro de Literatura para a Infância, para assinalar o Dia do Livro, que se comemora a 23 de abril.
Com o objetivo de fomentar o gosto pela leitura, de partilhar momentos em redor do livro, o jardim foi, durante três dias, palco de numerosas iniciativas paras as crianças e famílias, recebendo cerca de 800 pessoas.

 

Três dias de atividades
Na sexta-feira dia 22, as crianças das escolas do primeiro ciclo da Reixida, das Cortes, dos Marrazes e os jardins-de-infância de Cortes e Reixida, participaram nas diversas oficinas dinamizadas por alunos de vários cursos da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS). Nesse dia, recebemos um dos maiores escritores de literatura para a infância, António Torrado, autor de mais de 120 livros e diversas vezes premiado em Portugal e no Brasil, tendo recebido em 1988, o Grande Prémio Gulbenkian da Literatura Infantil. As crianças tiveram a oportunidade de ouvir o escritor contar histórias, de colocar diversas perguntas às quais respondeu sempre com muito agrado e de pedir, no final, para autografar os livros da sua autoria. Nesse dia, contámos igualmente com a presença dos Malmequeres, que apresentaram um teatro de sombras às crianças.
No sábado, o programa começou no período da manhã com palestras enriquecedoras para pais, professores e estudantes. Os presentes tiveram a possibilidade de assistir a uma excelente apresentação da Prof.ª Doutora Célia Sousa, sobre o livro enquanto instrumento inclusivo e essencial para desenvolver atividades de leitura com crianças com necessidades educativas especiais ou com crianças em idade pré-escolar. A segunda palestra da Prof.ª Doutora Maria José Gamboa destacou, de forma muito enriquecedora, o paradigma da construção do leitor, analisando o estatuto e lugar da literatura para a infância em contexto educativo. De tarde, a Prof.ª Doutora Catarina Mangas cativou os presentes abordando, com entusiasmo, a importância da leitura em contexto familiar, partilhando diversas ferramentas de incentivo a práticas de leitura fora da escola.
De tarde, além das oficinas tivemos uma Hora do Conto especial, pelas contadoras Tânia Brites e Luísa Matias, da Biblioteca Municipal de Leiria, um momento musical único com as alunas Inês Costa, Inês Ribeiro e Maria Beatriz e Sá Vieira, do Orfeão de Leiria. O dia terminou com a apresentação do livro cheio de poesia de Paulo Costa, “O Menino que acordava as Estrelas”. Esse momento contou com a ilustradora Nídia Nair, da atriz Vânia Silva, para a representação do conto e ainda com a presença de Cláudia Prino, que adaptou a história em Símbolos Pictográficos para a Comunicação.
No último dia do encontro, as oficinas dinamizadas pelos alunos da ESECS mantiveram-se um dos pontos de atração das crianças que nos visitaram no período da tarde, que contou ainda com a apresentação do livro “O Lobo Porquinho e o Lobo capuchinho” de Liliana Gonçalves, reconhecida contadora de histórias, um momento mágico de dança e música promovido pela Escola de Dança Clara Leão e músicos da Sociedade Artística e Musical dos Pousos e um momento divertido repleto de contos e cantigas, dinamizado pela Ana Moderno e por Liliana Gonçalves. O encontro encerrou com a atuação brilhante do Coro infantil da Sociedade Artística e Musical Cortesense. Ao longo dos três dias realizou-se igualmente uma Feira do Livro, com a presença das Livrarias Americana, Arquivo e Letras e Livros. O Encontro contou ainda com a presença dos Malmequeres, instituição que presta apoio a pessoas com deficiência mental e da Associação de Pais de Cortes, ambas com vendas que reverteram a favor das respetivas instituições.

 

Agradecimentos
A Casa-Museu João Soares agradece o apoio da Câmara Municipal de Leiria, da Fundação EDP, do AKI, dos Supermercados Ulmar, do Novopão e da Sumol+Compal.
Um agradecimento especial às diversas personalidades e instituições que enriqueceram o nosso programa: Ana Moderno, Catarina Mangas, Célia Sousa, Cláudia Prino, Liliana Gonçalves, Luísa Matias, Maria José Gamboa, Nídia Nair, Paulo Costa, Tânia Brites, Vânia Silva, a Associação de Pais de Cortes, a Comissão Fabriqueira da Igreja de Cortes, a Escola de Dança Clara Leão, o Orfeão de Leiria, os Malmequeres, o Coro Infantil da Sociedade Artística e Musical Cortesense, a Sociedade Artística e Musical dos Pousos e União de Freguesias Leiria, Pousos, Barreira e Cortes. Ao escritor António Torrado, queremos exprimir os nossos maiores agradecimentos pela simpatia, pela disponibilidade e pelas histórias de encantar. Este encontro só foi possível com a parceria da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, do Instituto Politécnico de Leiria, cujo empenho e contributo foram fundamentais para a realização de um evento com qualidade. Aos docentes e aos alunos que prepararam e dinamizaram as oficinas, a Casa-Museu pretende expressar os seus maiores agradecimentos. Finalmente, uma palavra de apreço e amizade para a Ana Daniela Rodrigues, a Ângela Frazão, a Ângela Jacinto, Joana Norte e a Rita Gaspar que, como sempre, se disponibilizaram, de forma voluntária, em ajudar a equipa.
Equipa Casa-Museu

 


 

 

Visite o facebook oficial da Casa-Museu João Soares carregando AQUI!


 


capa_abril.jpg

A edição em linha do Jornal das Cortes é actualizada a partir do dia 15 de cada mês.

 

Assine já o Jornal das Cortes ao clicar AQUI!

NÃO FALTE!

Reixida_bicicletas.jpg

Agenda de eventos

medicortesweb.jpg