trilhosloucos

«Uma prova de trail em corrida (e caminhada) que nos leva a muitos recantos inimagináveis - tipo a Cascalheira, as Penas, a Subida dos Postes - com muita pedra solta no caminho, diversão, rio e loucura», é como Adelino Santos, mentor dos Trilhos Loucos da Reixida, descreve a iniciativa que tem feito ecoar o nome na freguesia no panorama desportivo regional. 

Nesta 6.º edição dos Trilhos, que se realizou a 21 de Junho, a Associação Cultural Recreativa e Desportiva da Reixida mobilizou mais de 400 participantes e várias dezenas de voluntários que, juntos, transformaram o dia num grandioso convívio com desporto, comida e animação à mistura.

Novidades não faltaram
A importância e responsabilidade da prova foram mais elevadas este ano, uma vez que os resultados desta edição contaram para o Campeonato Distrital de Montanha de Trail Curto e de Trail Longo, o que fez com que os Trilhos fossem divididos em dois percursos, um de 15Km e outro de 30Km.
Para além dos famosos pontos críticos das serras da zona, esta edição contou também com a Subida dos Postes que “não é para qualquer um” por ser “muito difícil” e dar “cabo de qualquer perna”, queixaram-se os participantes no final com um largo sorriso na cara, enquanto admitiam que “bom mesmo foi saber que já tinha feito a subida”. O próprio Adelino Santos, também fanático por estas andanças, felicitou todos os que fizeram essa subida dizendo que só por isso são considerados por ele como “heróis”. Além disso os resultados serviram também para pontuar para o Circuito do Calcário 2015.
Os mais rápidos
No Trail Longo, de 30Km, quem subiu ao primeiro lugar do pódio masculino foi Délio Ferreira, da Juventude Vidigalense, que fez a prova em 2 horas, 33 minutos e 58 segundos, sendo que o primeiro lugar do pódio feminino foi conquistado por Sara Brito, do Clube de Atletismo da Barreira, que registou 3 horas, 4 minutos e 55 segundos. No Trail Curto, de 15Km, foi Jorge Aires, do Clube de Atletismo da Barreira, que conquistou a taça ao conseguir terminar a prova numa hora, 18 minutos e 8 segundos, tendo Denise Pereira, da Sociedade Recreativa da Jardoeira, sido a vencedora feminina, ao registar uma hora, 52 minutos e 2 segundos.
Já em termos locais, no topo do pódio dos melhores tempos feitos por cortesenses foi alcançado por Nuno Reis, da Reixida, seguido de Pedro Cordeiro, das Cortes e Nelson Duarte, também da Reixida.

Organização de parabéns
Luís Carlos Carvalho da Mota, presença habitual neste circuito e habituado a fazer provas com distâncias superiores a 100Km, este ano participou na prova dos 30Km dos Trilhos não poupou elogios à organização, defendendo que esta prova tem tudo para ser “uma catedral do treino” futuramente. Para este atleta a essência e o segredo do sucesso que este evento tem conquistado ao longo dos anos passa essencialmente pela forma como é organizado, frisando que “a Reixida tem um conjunto de pessoas muito valiosas, bons amigos, e pessoas que amam o trail e portanto são pessoas que não têm qualquer tipo de interesse, são pessoas que gostam de receber e ficam felizes de ver cá os amigos e os amigos quando vêm visitar os amigos são sempre felizes”.
Muitas pedras, paisagens encantadoras, subidas assustadoras, chuveiros a meio do percurso e uma agradável passagem pelo rio Lis à parte, elogios não faltaram à organização da prova. Os elementos da actual direcção da Associação da Reixida, presidida por Pedro Leal, bem como todos os que se ofereceram para ajudar, prometem continuar a dar o melhor para proporcionar estes momentos de desporto e convívio, em conjunto com a natureza, a todos os participantes, que são mais ano a pós ano. Humildade e simplicidade nas coisas fáceis e úteis à prova continuará a ser a aposta neste evento que, de acordo com a organização, é o que marca a diferença. Isso, e a simpatia e o acolhimento das pessoas da Reixida, a quem deixam um grande agradecimento.
Sem esquecer o apoio da Junta de União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes e da Cruz Vermelha, bem como todos os patrocionadores. 

Leia os testemunhos de alguns participantes e organizadores desta prova na reportagem da edição em papel do JORNAL DAS CORTES de Julho, n.º332.

Espreite todas as fotografias clicando AQUI.


capa_abril.jpg

A edição em linha do Jornal das Cortes é actualizada a partir do dia 15 de cada mês.

 

Assine já o Jornal das Cortes ao clicar AQUI!

NÃO FALTE!

Festa-Cortes_cartaz.jpg

Agenda de eventos

May 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
m_tenda.jpg