Com o amanhecer instalou-se a típica agitação de um domingo de Rota das Vinhas. As boxes foram ocupadas pelas equipas, os motores começaram a fazer barulho e, durante toda a manhã, foram feitos treinos na pista da famosa encosta da Reixida.

A 13.ª edição da prova de resistência em circuito de terra realizou-se em Fevereiro, no dia 12, para evitar as chuvas de Janeiro, mas durante toda a manhã foi chuva que caiu. Boxes e pista cheias de lama, que não afastaram nem o entusiasmo dos participantes nem a presença do público. “É a nossa sina”, “temos que cá estar na mesma” e “sem lama não era a mesma coisa”, foram algumas das reações dos participantes, que admitiram também que “é preferível a lama ao pó”.

Ainda não eram duas horas da tarde quando foi dado o disparo inicial aos vinte e quatro carros que corriam para conquistar o maior número de voltas ao longo do tempo de prova. Seguiram-se três horas, sem chuva, com um ambiente genuíno de rali. Na pista lutou-se pela ultrapassagem, nas bermas ficaram alguns carros (bem amassados mas sem danos pessoais), nos terrenos agrícolas espalharam-se os curiosos e aficionados por desportos motorizados e nas boxes tratou-se de manter em ordem os carros, os grelhadores com petiscos e as arcas de bebidas frescas. “As boxes cheias, a lama, as avarias, o convívio, a boa disposição, e uma equipa de malta unida da Reixida a trabalhar: é este o espírito da Rota das Vinhas”, explica Adelino Santos, um dos responsáveis pelo evento.

A organização é feita pela Comissão da Capela de Santa Marta, da Reixida, presidida por Manuel do Rosário, que faz um balanço positivo da iniciativa e revela que os fundos angariados serão investidos na conservação do património da capela, como as janelas da casa de que são propriedade ou na melhoria da zona do restaurante do salão onde organizam eventos.

 

Rafael e Henrique no pódio

Em primeiro lugar, com 43 voltas concluídas em menos tempo, ficou a equipa de Henrique Nogueira, que ficou feliz por vencer “uma prova que já é famosa e tem alguns anos de tradição” e José Rafael, que já coleciona vários troféus desta resistência. O carro, Toyota Corolla 1200, provou estar “feito para aguentar as três horas, e nem mais um minuto”, já que partiu uma roda no final da volta de agradecimento. Para casa, os vencedores levaram o troféu e “200 parras”.

Nos restantes lugares ficou Albano Pedrosa, em segundo lugar, conquistando “150 parras” e ainda João Vieira e José Cunha, em terceiro lugar, com direito a “100 parras”.

 

Curiosidades

A Rota das Vinhas tem vindo a conquistar espaço no mundo dos amantes dos desportos motorizados, a atrair centenas de pessoas à freguesia e tem algumas curiosidades:

- a Rota das Vinhas começou por ser uma brincadeira de amigos e só depois passou a ser promovida pela Comissão da Capela de Santa Marta como forma de angariar dinheiro para as obras que fizeram;

- é graças a Manuel Prior, da Golpilheira, que é possível realizar este evento, uma vez que é ele que cede o terreno onde são instaladas as boxes e os bares;

- a prova é feita pelos caminhos que atravessam os terrenos da Reixida, mas o percurso tem cada vez menos vinhas, como acontecia nas primeiras edições, motivo que deu nome à prova; - houve um ano em que não se realizou a prova;

- nunca é atribuído o número treze na distribuição das equipas, do doze passa para o catorze, por uma questão de superstição;

- este ano, para tentar evitar a chuva e o adiamento da prova, como já aconteceu em anos anteriores, a prova foi agendada para Fevereiro, mas choveu na mesma… os participantes falavam em “sina”;

- por questões de segurança, que são muitas, todos os participantes têm que tirar uma licença, são abrangidos por um seguro e sujeitos a cumprir regras nos carros;

- a prova é cronometrada pelo Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria.

 

 


Veja as fotorafias do evento AQUI.

 


pub rotadosolRGB

 

Texto publicado na íntegra. 

 


capaJulho.jpg

A edição em linha do Jornal das Cortes é actualizada a partir do dia 15 de cada mês.

 

Assine já o Jornal das Cortes ao clicar AQUI!

NÃO FALTE!

fONTES2017.jpg

Agenda de eventos

June 2017
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
m_tenda.jpg