WEB Maio capasaude

 

A nova Extensão de Saúde das Cortes tem uma sala de espera digna, um grande corredor que dá acesso a vários gabinetes, equipamentos novos e uma equipa reforçada. “Isto é uma alegria, é de facto o culminar de muitas pressões e de um processo tão longo e arrastado que nós só acreditamos hoje, quando aqui chegamos”.

 

Rui Matias é médico de família nas Cortes há cerca de 35 anos e desvenda que esta é já a quarta unidade de saúde em que trabalha na freguesia. “A primeira era uma casa de habitação pequena que existia na rua quando se vai para a Abadia, depois viemos para o edifício da Quinta da Cerca onde estivemos muitos anos e a última foi nas instalações da antiga adega cooperativa que seriam provisórias”, explica. Uma situação provisória que se arrastou durante muitos anos. “Foi muito difícil trabalhar naquelas condições. Com muito esforço fizemos o que podíamos fazer ali, às vezes dava vontade de fechar a porta e ir embora”, confessa. Acabaram por fechar a porta na altura certa, quando já tinham as chaves das novas instalações.
Com um sorriso enorme, a doutora Rita Chaves, Coordenadora da UCSP Colipo e médica de família nas Cortes, congratula-se pela “casa nova”: finalmente as condições estão reunidas para “dar à população um serviço melhor, aquilo que os utentes merecem: uma estrutura criada de propósito para fazer o atendimento”.
As consultas vão ser as mesmas “mas com melhor qualidade, melhores equipamentos e mais uma enfermeira ”. A Extensão de Saúde das Cortes tem quase quatro mil utentes, dois ficheiros de saúde, e conta agora com uma equipa composta por dois médicos de família, duas enfermeiras e duas assistentes técnicas.

Inauguração
A inauguração foi feita na tarde soalheira de segunda-feira, dia 16 de Abril, com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, do Ministro da Saúde, Adalberto Campos, do Presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raul Castro, do Presidente da Junta da União das Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, José Cunha, e do representante das Cortes na União, Luís Gaspar. Muitos cortesenses fizeram questão de ir à inauguração e, de forma calorosa e simpática, agradeceram a obra e teceram rasgados elogios ao investimento.
“Nós ficamos muito contentes quando conseguimos resolver problemas, alguns deles muito antigos que são a ansiedade das populações arrastada no tempo. Por isso é que fizemos questão de vir a sítios que até são relativamente pequenos dar um sinal que estas populações não estão esquecidas”, adiantou o Ministro da Saúde, Adalberto Campos. Questionado sobre as alterações na equipa de profissionais de saúde, não exclui a hipótese de serem feitas mais contratações caso necessário: “Todos os recursos que for possível recrutar – médicos e enfermeiros, nomeadamente jovens – temos a porta aberta assim que seja necessário”.
O Primeiro-Ministro, António Costa, aproveitou o discurso no final da inauguração para sublinhar que a Extensão de Saúde que inaugurou nas Cortes, a par da que tinha inaugurado momentos antes em Monte Real – Carvide, “vai servir melhor a população” e é o exemplo de um investimento que está a ser feito “a nível nacional, num total de 113 Centros de Saúde um pouco por todo o país”. Uma aposta nos cuidados de saúde que garante só ser possível através do “equilíbrio das contas” feito pelo actual governo do Partido Socialista.


Investimentos nas Cortes
A inauguração da Extensão de Saúde veio deitar por terra um dos principais receios da população relativamente à criação da União das Freguesias: o fim definitivo dos serviços de saúde nas Cortes, em detrimento da utilização dos serviços nas restantes freguesias. Através de apoios da Câmara e de Fundos Comunitários, já se fizeram mais investimentos nas Cortes ao longo dos últimos meses do que nos últimos anos.
O Presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raul Castro, explica que o executivo se está a limitar a cumprir a promessa que fez de “trabalhar em favor da comunidade”. “Havia problemas sérios nas Cortes, estavam quase em situação de abandono, e nós resolvemos fazer aquilo que era possível fazer. O centro das Cotes é uma nova realidade, está criada uma centralidade e o que está aqui em causa é corresponder àquilo que eram as expectativas das pessoas. Eu penso que as Cortes vai ter condições para as pessoas optarem cada vez mais por esta localidade, apesar das condições na construção, uma vez que ainda há muito espaço onde construir”, acrescentou.

 

Antiga extensão de saúde
As antigas instalações provisórias da Extensão de Saúde, que outrora foram os escritórios da antiga adega cooperativa das Cortes, estão agora vazias e, para já, sem destino. O Presidente da Junta da União das Freguesias, José Cunha, confessa que “existe um plano de intenções” para esse local. “Para já dar uma imagem renovada de todo aquele espaço: temos intenções de criar um auditório, eventualmente um espaço para a filarmónica, criar um espaço para as associações e temos já uma ideia, um esboço, mas é uma obra muito cara por isso temos que planear o financiamento”, avança. 

 

 


JDC-Out.jpg

Agenda de eventos

October 2018
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
› Almoço paroquial
13:00
Data :  2018-10-14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Assine o Jornal das Cortes AQUI!

Por apenas 15€ por mês (nacional) ou 25€ (estrangeiro)

manetaWEB.jpg