Já alguém escreveu sobre este assunto e o autor destas linhas escreveu mais de uma vez, e, como já passaram alguns anos e foi como pregar no deserto, volto agora ao mesmo tema.
Há já algumas décadas o número de veículos automóveis tem aumentado no nosso país, e as Cortes não foge a esse aumento, daí que já se vê por vezes mais automóveis do que peões, e então há uma enorme necessidade de para segurança dos peões criar passadeiras nos sítios onde qualquer peão tenha de atravessar uma rua para entrar noutra.

Há aqui nesta aldeia pontos em que um peão para entrar numa rua tem de atravessar outra perto de uma curva com nenhuma forma de ver se vem alguma viatura, depois se arrisca e se dá um acidente, a culpa é sempre do peão, porque alguém que tem responsabilidades neste assunto, para não gastar uns euros numas latas de tinta, está-se nas tintas pra que haja qualquer acidente, não se lembrando que muitas vezes também ele é peão.
É difícil muitas vezes andar nas estradas que atravessam as nossas aldeias, sempre com muitos perigos para peões e nada menos para ciclistas, sempre a pensar em levar um empurrão por trás por uma viatura cujo condutor por vezes vá distraído.
Aqui fica mais uma vez registado este ponto de vista para ver se algum responsável lê este artigo e lhe dê algum seguimento.


JDC_Fev2019.jpg

Agenda de eventos

February 2019
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

_

Assine o Jornal das Cortes AQUI!

Por apenas 15€ por mês (nacional) ou 25€ (estrangeiro)

m_tenda.jpg